Use seus dados do Meu Rotary
    
  Lembrar     

Notícias do Distrito   

   

XXII Encontro da ASFAR e Casa da Amizade do Distrito 4420 acontece durante a Conferência

01/06/2018


Na tarde de sexta-feira (1), aconteceu o XXII Encontro da Associação de Famílias de Rotarianos (ASFAR) e Casa da Amizade do Distrito 4420, realizado no Salão Topázio, do Hotel Monte Real. Cerca de 110 companheiras participaram da reunião, que teve como anfitriã a Casa da Amizade do Rotary Club de São Paulo Aeroporto. O objetivo desse evento é promover um encontro de trabalho por meio da troca de experiências entre as lideranças femininas, novas ideias e o compartilhamento de projetos entre os clubes.  
 
Marie Tsuda Takata, esposa de Claudio Takata, governador do Distrito 2017-18, realizou a abertura da reunião desejando boas-vindas às associadas. “Iniciamos essa tarde com o reconhecimento a Marilena Granja, precursora desse formato de encontro (época do antigo Distrito 461) mas infelizmente hoje não pode estar presente. Após tornar-se Distrito 4420, o primeiro encontro foi organizado pela ASFAR Santos.Espero que todas aproveitem a oportunidade de estarmos reunidas mais uma vez”.  
 
Em seguida, Margarita Hewko, cônjuge do secretário geral do Rotary International, John Hewko, ocupou a tribuna e deixou a sua mensagem. Ela lembrou que entre os enfoques do Rotary, atualmente é desenhado um plano estratégico internacional para a erradicação da poliomielite. Deixando a seguinte pergunta: “O que as associadas da ASFAR e Casa da Amizade podem fazer para ajudar a combater essa doença? Temos um papel importante nesse assunto”, afirma.  
 
Após, Maria Magnólia Pretoni falou sobre os desafios e soluções dentro das associações, entre eles, projetos, parcerias, e formas da ASFAR/Casa da Amizade trabalhar junto com o Rotary, indicando a necessidade das comunidades e projetos que possam ser beneficiados com os subsídios da Fundação Rotária. 
 
A programação seguiu com a apresentação de vídeos sobre os projetos desenvolvidos e interação das senhoras em um intenso debate, onde foram discutidos os principais problemas, dificuldades de execução, desenvolvimento do quadro associativo, melhorias e êxitos.  
 
No final da reunião as associadas desfrutaram de um delicioso café da tarde. 
 
Casa da Amizade/ASFAR 
 
No Brasil, a Associação de Família de Rotarianos - ASFAR sob qualquer denominação é uma entidade civil, considerada de utilidade pública pela Lei nº. 5575, de 17 de dezembro de 1969. Tem seu emblema, estatuto e regimento próprio, sem qualquer vínculo com o Rotary Club. Ocupa-se de promoções sociais e colabora voluntariamente com as realizações comunitárias empreendidas pelos clubes. É uma entidade formada, voluntariamente, por esposas e parentes de rotarianos, como sócias efetivas, e outras senhoras e senhoritas da sociedade, na qualidade de sócias cooperadoras, beneméritas e honorárias.  
 
As associações detêm um importante papel junto aos Rotary Clubs, além de ser parceiras no servir, integram a família na vida rotária, promovendo reuniões de companheirismo, principalmente nas atividades voltadas para a comunidade, como campanhas de arrecadação de roupas, alimentos e materiais diversos. Criam inúmeros eventos para angariar fundos, todos revertidos em benfeitorias para creches, asilos e comunidades carentes. Também são participativas nos programas humanitários da instituição.  
 
O objetivo da ASFAR/Casa da Amizade é apoiar e participar de atividades ligadas ao bem estar social e psicológico da comunidade. 
 
Os dez mandamentos da Casa da Amizade  
 
1. Procure conhecer o Rotary para sentir o ideal de seu esposo; 
 
2. Comparecer às reuniões da Casa da Amizade,você vai conhecer melhor as suas companheiras e sentir o fortalecimento do companheirismo; 
 
3. Comparecer somente não é o suficiente: o importante é participar;  
 
4. Você entra na Casa da Amizade não como passageiro, mas para completar uma tripulação;  
 
5. Dê sugestões, critique construtivamente: cem olhos têm visão mais profunda que dez ou vinte; 
 
6. Aqui não há só tarefas grandes para pessoas excepcionais: toda tarefa, por pequena que seja, tem sua grandeza pelo toque de amor com que você executa; 
 
7. Não diga: não tenho tempo. Os mais ocupados são os que dividem bem o tempo. Se não tivermos tempo para amar como poderemos nos doar?  
 
8. Seu esposo será um rotariano entusiasta se sentir o seu ideal de servir;  
 
9. Aqui prevalece a primeira pessoa do plural: Nós; 
 
10. A Casa da Amizade será sempre uma ilha de ternura, companheirismo e solidariedade humana, na medida em que nós mantivermos viva a sua filosofia.  
 
Serviste hoje?  
A quem?  
A arvore?  
Ao teu amigo?  
Ao teu irmão?  
À tua cidade?  
 
 
 
 
Por Natali Fernandes – MTB 0083122/SP  
 

 

 Clique nas imagens para ver as fotos